Centro de Check-UP cardiovascular

ANGIO COR Curitiba serviços médicos

Dr. Carlos Seme Nejm Júnior
CRM: 21507-PR - RQE 2642

(41) 3342-6000

(41) 99229-2299

Agende sua consulta!

A ANGIO COR Curitiba realiza tratamento estético de varizes e varicosidades (convencional e com espuma), cirurgia de varizes convencional e cirurgia de varizes a laser utilizando técnica EVLT (Laser endovascular), inclusive sendo este assunto, o tema da tese de doutorado do Dr. Carlos Seme Nejm Jr.

Angiologia & Cirurgia vascular

O que são veias varicosas ?

Artérias trazem sangue rico em oxigênio de seu coração para o resto de seu corpo. Veias devolvem sangue pobre em oxigênio para seu coração.

Você tem 3 tipos de Veias em suas pernas:

1- Veias superficiais: ficam próximas a sua pele; compreendem também as safenas: magna (ou interna) e parva (ou externa);

2- Veias profundas que ficam envolvidas por músculos. As Veias profundas conduzem o sangue a veia cava inferior que é a maior veia de seu corpo e que faz o retorno do sangue venoso ao seu coração;

3- Veias perfurantes que conectam veias superficiais a veias profundas.

As varizes são uma das doenças vasculares mais freqüentes e atingem cerca de 50% da população acima de 50 anos e 30% das pessoas com 30 anos em média. Tem origem hereditária e também pode ser desencadeada por gravidez, uso de anticoncepcionais e postural (ficar muito tempo em pé e sentado).

Elas se formam pelo enfraquecimento e desgaste nas válvulas das veias das pernas. O normal é que o sangue circule da veia superficial (visível, fica sob a pele, na camada de gordura) para a profunda (situada no meio da musculatura da perna e invisível).

Já as pessoas com as válvulas doentes têm uma inversão no caminho do sangue, da veia profunda para a superficial, e este aumento do volume sanguíneo resulta em dilatação e no aparecimento da doença.

Veias varicosas são veias dilatadas e tortuosas que você pode ver através de sua pele.

Elas podem se apresentar em diversas formas: apenas como minúsculas linhas avermelhadas serpentinosas (telangiectasias), ou mais calibrosas azuladas (varizes de médio calibre) ou ainda com nódulos que saltam o plano da pele (varizes de grosso calibre.

Por que as varizes são mais comuns nas pernas do que em outros lugares?

Normalmente, depois do sangue sair do coração e chegar nas pernas e pés, ele tem que voltar ao coração e aos pulmões para receber mais oxigênio. Isso é feito com a ajuda dos músculos e das veias das pernas e dos pés. Eles "fazem força" para que o sangue destas regiões mais baixas do corpo suba em direção ao coração e pulmões (contra a gravidade). Além disso, para que o sangue que está subindo não volte, existem pequenas válvulas dentro das veias que impedem que isto aconteça. No entanto, quando por diferentes motivos o sangue não consegue subir, e se acumula nas veias das pernas e pés, as veias ficam dilatadas e aparecem as varizes.

Imagem varizes
Imagem varizes

Por que as varizes são mais comuns nas pernas do que em outros lugares?

Normalmente, depois do sangue sair do coração e chegar nas pernas e pés, ele tem que voltar ao coração e aos pulmões para receber mais oxigênio. Isso é feito com a ajuda dos músculos e das veias das pernas e dos pés. Eles "fazem força" para que o sangue destas regiões mais baixas do corpo suba em direção ao coração e pulmões (contra a gravidade). Além disso, para que o sangue que está subindo não volte, existem pequenas válvulas dentro das veias que impedem que isto aconteça. No entanto, quando por diferentes motivos o sangue não consegue subir, e se acumula nas veias das pernas e pés, as veias ficam dilatadas e aparecem as varizes.

Quais os Sintomas das varizes ?

Dores nas pernas;

Queimação nas pernas e plantas dos pés;

Inchaços, especialmente nos tornozelos;

Prurido ou coceira;

Cansaço ou sensações de fadiga;

Peso nas pernas e câimbras;

Presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele;

Agrupamentos de finos vasos avermelhados;

Podem ainda provocar manchas escuras e inflamações (como as flebites que ocorrem na parede dos vasos).

Quais os fatores de risco para Varizes ?

Vários são os fatores que aumentam a chance da pessoa ter varizes, sendo a hereditariedade (que passa de pais para filhos) o mais importante. Porém, outros fatores como a gravidez, hormônios (principalmente ou uso de anticoncepcionais e a terapia de reposição hormonal para a menopausa) ou ficar muito tempo em pé ou parado (por exemplo, balconistas, professores, vendedores etc.) também são fatores de risco importantes para o desenvolvimento de varizes.

De que testes/exames precisarei?

Primeiro seu médico lhe pergunta por sua saúde geral, história médica, e sintomas; e faz um exame físico. Seu médico examinará a textura e cor de qualquer veia proeminente.

Para confirmar o diagnóstico de veias varicosas e para um melhor planejamento terapêutico, seu médico pode solicitar um teste de Ecodoppler Venoso de membros inferiores. Esse exame é usado para avaliar a competência e ver a estrutura de suas veias da perna (veias do sistema superficial e profundo) . O teste pode levar aproximadamente 20 minutos para cada perna. Além de mostrar veias varicosas, o ecodoppler pode ajudar seu médico a decidir se suas veias varicosas são relacionadas a alguma outra condição.

Como veias varicosas (com varizes) são tratadas?

Existem vários tratamentos para as varizes, que devem ser indicados de acordo com cada caso.

Varizes Voltam?

Varizes não voltam, aparecem outras que devem ser tratadas. Uma veia que estava normal no momento de um tratamento, mais tarde poderá estar doente, porque a tendência hereditária existirá durante toda a vida. Por este motivo é que se propõe o Tratamento Continuado de Varizes, que controla o problema estético e a doença conforme se manifestem.

Destaques

Varizes

Pequenos filamentos arroxeados ou vasos grossos e sinuosos claramente visíveis na pele: assim são os vasinhos e varizes.

Varizes

Os vasinhos (telangiectasias) ficam nas camadas da pele e têm no máximo 1 milímetro de diâmetro, já as varizes têm diâmetro superior e estão localizadas embaixo da pele.

Cirurgia e Microcirurgia de varizes

A cirurgia de varizes é um procedimento realizado em Hospital para portadores de varizes de médio e grosso calibre.

Cirurgia e Microcirurgia de varizes

A cirurgia de varizes irá tratar as veias aparentes e suas causas. Assim serão retiradas as safenas se estiverem doentes (safenectomia), as colaterais, as perfurantes, as veias reticulares.

Cirurgia de varizes a laser

A cirurgia de varizes a laser está rapidamente se tornando o padrão-ouro no tratamento de varizes.

Cirurgia de varizes a laser

O procedimento a laser para varizes é minimamente invasivo e não requer anestesia geral. A cirurgia de varizes a laser pode ser realizada em procedimentos selecionados com anestesia local ou regional.

Exames vasculares

Os exames de imagem, permitem avaliar a qualidade dos vasos e do fluxo sanguíneo que por eles percorre.

Exames vasculares

Tanto as artérias (vasos que levam o sangue rico em oxigênio do coração para o corpo), quanto as veias (vasos que levam o sangue utilizado pelo corpo de volta ao coração) devem ser avaliadas.

Tratamento de varizes com espuma

O tratamento das varizes com espuma é uma opção à realização de cirurgia, o uso de esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos últimos anos.

Tratamento de varizes com espuma

Evidências atuais sobre o tratamento de varizes com espuma ecoguiada sugere que o método é eficaz no curto e médio prazos. Estudos têm demonstrado que o tratamento é bem sucedido em cerca de 67-94% de pacientes depois de 3 meses a 10 anos de seguimento.

Tratamento de varizes a laser

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

Tratamento de varizes a laser

O tratamento de varizes a laser tem como vantagens ser pouco invasivo (não usa agulhas), ser desprovido de reações alérgicas (não há injeção de medicamentos), induzir menor reação inflamatória cutânea e causar menor risco de manchas hipercrômicas (escuras) na pele.

Escleroterapia

Na escleroterapia, os "vasinhos" são tratados com a aplicação de medicamentos esclerosantes nas veias alteradas, obstruindo o fluxo sanguineo.

Escleroterapia

A escleroterapia, conhecida por muitos como "aplicação", é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias (vasinhos), que se encontram na parte mais superficial da pele. Um líquido esclerosante, é injetado através de microagulhas, que são extremamente finas, dentro do vasinho.

Escleroterapia com espuma

O novo método acompanha o advento da espuma esclerosante e do ecodoppler, ambos contribuindo para melhor diagnóstico e controle da doença.

Escleroterapia com espuma

A Escleroterapia com espuma na insuficiência venosa crônica dos membros inferiores surgiu na Europa, há 20 anos. O tratamento com espuma, gradativamente se firmou como método tão bom ou até melhor que a cirurgia de varizes convencional para o tratamento e controle das varizes.

Importante:

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.

Responsável Técnico: Dr.Carlos Seme Nejm Júnior - CRM: 21507-PR - RQE 2642

Desenvolvido por: Paulo Henrique